Johnny Depp foi processado por ter dado um soco em um membro da equipe do filme “City of lies”. Segundo o site Deadline, na segunda-feira (9), o assistente de locação Gregg “Rocky” Brooks, acusou o ator de tê-lo agredido em dois momentos, com socos na costela, durante gravações realizadas em abril de 2017.

De acordo com a reportagem, Brooks afirma que estava tenso em contar ao astro de “Piratas do Caribe” que as gravações haviam sido encerradas naquela noite. Johnny Depp não teria recebido bem a notícia, e começou a xingar e a bater no assistente.

“Quando o queixoso não reagiu à satisfação de Depp após ser socado, Depp gritou ‘Eu vou te dar US$ 100 mil para me socar a cara agora”, diz um trecho da ação.

O membro da equipe ainda conta que foi demitido três dias depois, quando se negou a assinar um contrato que pedia para ele não entrar com algum tipo de processo contra Depp.

“City of lies”, que conta a história das investigações dos assassinatos de Tupac Shakur e Notorious B. I. G, tem data prevista de lançamento para o dia 7 de setembro, nos Estados Unidos.



Outras notícias