Capa da mais recente edição da Vogue britânica, Ariana Grande revelou há um ano vem sofrendo com Transtorno de estresse pós-traumático (TSPT). 

A condição foi adquirida depois do ataque terrorista acontecido quando o público deixava o show que ela havia acabado de fazer em Manchester na Inglaterra. 

No evento, ocorrido em maio do ano passado, um suicida detonou uma bomba, matando 22 pessoas e ferindo outras 59.

Para a revista, Grande revelou não conseguir falar sobre o assunto e não sentir vontade de chorar. "É difícil falar sobre isso porque tantas pessoas sofreram perdas severas. Mas, sim, é algo real", contou.

"Sei que aquelas famílias e meus fãs e todos ali viveram uma enorme quantidade disso também... eu sinto que não deveria sequer falar sobre a minha experiência - como se não devesse dizer nada. Eu acho que jamais irei aprender a falar sobre isso e não chorar."

Ariana em breve lançará seu novo álbum. "Sweetener" sairá em agosto e dele já se conhece o single "No Tears Left to Cry". Outra faixa, ""The Light Is Coming" com participação de Nicki Minaj, será divulgada no próximo dia 20.



Outras notícias