Na manhã da última terça-feira (22), Chris Brown havia sio preso em Paris, na França, após ser acusado de estupro por uma mulher de 24 anos. Já na tarde desta quarta (23), um dia depois, o rapper recebeu a sua liberdade.

Segundo nota divulgada pelo Ministério Público francês, Brown recebeu a sua liberdade mas as investigações vão continuar para averiguarem tudo o que aconteceu na madrugada citada pela jovem.

O advogado do rapper contou, durante rápida entrevista em uma rádio da França, que o seu cliente é inocente e que os dois estão estudando uma ‘por calúnia de que o cantor foi alvo’.

Até o fechamento desta matéria, Chris Brown não se pronunciou sobre o caso.

Entenda o caso

De acordo com o “RadarOnline”, a queixa foi apresentada por uma mulher de 24 anos. A jovem teria dito às autoridades que ele a agrediu em seu quarto de hotel, no último dia 15 de janeiro, após os dois se conhecerem em uma discoteca da cidade.

Ainda segundo a publicação, Chris Brown teria convidado a jovem e outras mulheres para acompanhá-lo ao seu quarto de hotel. Lá, ela teria sido abusada por um amigo do cantor e seu guarda-costas. Os três acabaram sendo detidos.

Vale lembrar que Chris Brown tem um longo histórico de polêmicas. O rapper foi detido por bater na então namorada, Rihanna, em 2009; Foi preso em 2013, acusado de agressão em Washington D.C; E foi preso por agressão com uma arma mortal em Los Angeles, em 2016.



Outras notícias

WhatsApp