Acredite se quiser: um clube dos Emirados Árabes está na decisão do Mundial de Clubes. O feito pertence ao Al Ain, representante do país-sede do torneio e que derrubou o gigante River Plate, campeão da Libertadores, nos pênaltis, por 5 a 4, após empate por 2 a 2 no tempo normal e prorrogação, nesta terça-feira, no Hazza Bin Zayed. Berg e o brasileiro Caio marcaram para o estreante, enquanto o colombiano Borré, duas vezes, anotou para os Millonarios - Pity Martínez chegou a desperdiçar um pênalti no segundo tempo. Na disputa de penalidades, Enzo Pérez perdeu a última cobrança, defendida pelo goleiro Khalid.

Campeão dos Emirados, o Al Ain começou a sua campanha no dia 12, quando buscou o empate contra o Team Wellington, da Nova Zelândia, após estar perdendo por 3 a 0 - e venceu por 4 a 3 nos pênaltis. Nas quartas de final, no último sábado, fez 3 a 0 no Espérance, da Tunísia, e agora voltou a precisar de mais de 120 minutos para se tornar o quarto representante do país-sede a chegar a uma decisão - após Corinthians (2000), Raja Casablanca (2013) e Kashima Antlers (2016).



Outras notícias

WhatsApp